Publicado por R2C em 28/01/2019

Plantas de cobertura podem ajudar o desenvolvimento do solo e aumento da produtividade da soja

Durante os últimos 5 anos, a Fundação MT realizou experimentos em campo sobre sucessão de culturas e interação entre as plantas de cobertura e o plantio da safra de soja. Entre os efeitos encontrados, está a maior capacidade de fertilidade e qualidade do solo dependendo do tipo de cobertura utilizada pelo produtor, mostrando que o modelo soja/milho safrinha, apesar de ainda ser o mais rentável, pode prejudicar o solo e diminuir produtividades no longo prazo.

“Temos um trabalho de sucessão de culturas onde o foco é avaliar a plantabilidade da cultura da soja sobre diferentes plantas de cobertura. Essas culturas são cultivas já há 5 anos em um esquema de sucessão de soja / brachiaria ruziziensis, soja / milheto, soja / milho, soja / pousiu e soja / crotalaria para verificar a física do solo e crescimento radicular da soja sobre essas coberturas”, explica Taimon Semler, pesquisador da Fundação MT.


fonte: Notícias Agrícolas

OUTRAS NOTÍCIAS